Número total de visualizações de página

domingo, 7 de junho de 2009

MOTARDS - CORTECEGA CÁ VOS ESPERA EM AGOSTO DE 2009



Fotos da Concentração de Motards do ano 2006




Ao passarem por esta casa de convivio estava à espera o chamado mata bicho


Quarto com 3 camas

Vista panorâmica de vários quartos

Quarto de duas camas


Vista exterior da "Hospedaria Trepadinha"


Algumas das iguarias servidas, mas, há muitas mais

_______________

Caros Motards:

É com muito prazer que os amigos de Cortecega à semelhança dos anos anteriores vos esperam nos dias 13, 14, 15 e 16 de Agosto do corrente ano na sua Casa de Convívio “Hospedaria da Trepadinha” com as iguarias tradicionais desta região, aquando da Concentração dos Motards na nossa linda vila Góis.
É com muita alegria que vos recebemos, pois vocês foram e são uma peça importante na construção desta casa. Aos poucos e de ano para ano as obras foram se concretizando como puderam testemunhar nos anos anteriores, mas, muito ainda há para fazer, para isso continuamos a contar com a vossa ajuda.
Alguns já conhecem e sabem que a alimentação ali servida na maioria é caseira, fruto do cultivo dos residentes ali. Todas as pessoas que nestes dias ali trabalham são voluntárias, umas residentes ali todo o ano e outras como eu que sempre que é possível nos deslocamos à terra que nos viu nascer. Todos trabalhamos pela mesma causa, servir bem quem visita a nossa terra, pela alegria, convívio e para que a nossa aldeia possa ter algo que nos orgulhamos muito. Deixo aqui algumas fotos da nossa (e vossa) casa de convívio, que de ano para ano se encontra com melhores condições para quem pode e quer ali passar alguns dias ao longo de todo o ano e ter o prazer de acordar olhando pela janela para aquela linda paisagem ouvindo os passarinhos a chilrear.

Podem sempre contactar-me através do meu blog ou para a Presidente da Associação, D. Celeste, através do telemóvel 91 7340773 ou para a Dalila 91 482 3661.

Contamos com a vossa visita

1 comentário:

Manuel Poppe disse...

Que lindas fotografias da tua terra! E gostei muito de te "rever", toda atarefada. E afinal sempre havia poesia...
Um beijo amigo.
Maria João (o falcão de jade) que pede "boleia" ao Manuel Poppe para mandar mensagem rápida...

A MINHA ALDEIA

" Da minha aldeia vejo quando da terra se pode ver no Universo....
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver. "
Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos"