Número total de visualizações de página

domingo, 7 de junho de 2009

CASA DE CONVÍVIO DE CORTECEGA " HOSPEDARIA TREPADINHA"



"Uma breve caracterização da Casa de Convívio de Cortecega (Góis)
“Hospedaria da Trepadinha”


Amigos, esta Hospedaria e Casa de Convívio de Cortecega fica a 3,5 Km de Góis e está quase concluída graças à vossa ajuda e a todas as pessoas de uma aldeia que, desde que começou a haver concentração de Motards em Góis, dedicaram todos os seus esforços, tempo e dedicação para concretizar este sonho.

De inicio era só para ser uma simples casa de convívio onde as pessoas da terra (e não só) se encontrariam nos fins-de-semana e no verão a quando das férias.
Mas, passou a um sonho maior e isto deve-se em parte aos Motards que de ano para ano nos foram dando força para continuar com este projecto.
Todos os anos, ao chegarem a Góis, vão ver a evolução que a mesma sofreu de um ano para o outro, tornando-se muitos deles sócios.

Começámos por servir pequenos-almoços, almoços e jantares até às 3 da manhã em Góis, no cerejal como deve ser do vosso conhecimento.
Há dois anos atrás decidimos começar a servir as refeições na nossa própria casa de convivo.
Além das melhores condições de higiene, os Motards podiam ver que para além de serem bem-vindos ao nosso Concelho ainda estavam (e continuam a estar) a contribuir para um sonho desta terra.

De início servíamos 10, 20 ou 30 Refeições diárias em Góis e nos últimos 2 anos chegámos a servir num só almoço ou jantar 170 refeições, sempre com as pessoas a trabalhar voluntariamente para vos proporcionar o melhor que podem dar.
A nossa comida é basicamente caseira pois as pessoas dão um pouco daquilo que cultivam ao longo do ano para naquele dia servir refeições muito mais saborosas, saudáveis e típicas da terra (ex.: Broa caseira, sopa da pedra, o entrecosto, etc…).

Este ano é com muita alegria que já vos podemos proporcionar quartos com 2 e 3 camas, todos com casa de banho privada, como podem verificar nas fotos que vos envio.
Para o ano esperamos estar a funcionar já a 100%.
Com os melhores cumprimentos,
Eugénia Santa Cruz"

Transcrevo aqui a carta que foi enviada a algumas sedes de Motards em 2006 e que já passaram por Cortecega. Através desta carta podemos ler e perceber um pouco melhor o sonho das pessoas que ali vivem ou já viveram, mas que tem esta terra como um dos pilares da sua vida.
Tudo começou com um pequeno sonho que se tornou naquilo que hoje qualquer pessoa que passa por esta terra pode verificar. Não foi fácil, mas já como está escrito na bandeira do Rancho Folclórico que ali existiu “ Tudo Vale a Pena Quando a Alma não é Pequena”. e alma deste povo é grande. Para aqueles que por uma razão ou outra não tem ali casa para passar férias, pode ficar nesta “Hospedaria” e desfrutar desta linda paisagem, das suas serras, vales, rio com águas de uma transparência incomparável que descem em forma de cascata, das suas gentes genuínas e de toda a riqueza que só neste cantinho de Portugal se pode encontrar.
Esta Hospedaria tem 6 quartos com 2 e 3 camas cada, todas com WC privativo, uma cozinha, uma copa, casa das máquinas, casas de banho para deficientes etc.… Ainda não está totalmente pronta, mas já reúne as condições necessárias para ali se poder passar umas pequenas férias. Quem sabe se para o ano estará a 100%.

2 comentários:

Andreia Brás disse...

Muitos Parabéns pelo Blog! Está muito apelativo! Ainda não tive oportunidade de visitar a Casa de Convívio, mas pelas fotografias e comentários que aqui li, fiquei agradavelmente surpreendida! Está muito bonita!!!
O meu nome é Andreia Brás, Presidente da Direcção da Comissão de Melhoramentos de Candosa e gostaria de entrar em contacto com vossas excelências, devido a um evento organizado para o dia 11 de Julho de 2009 a realizar em Candosa, em que gostaríamos de contar com a presença de Cortecega. Para mais informações contacte-me para cm_candosa@hotmail.com.

Com os melhores cumprimentos
Andreia Brás

Eugénia Santa Cruz disse...

Muito obrigada pelo seu comentário. Já informei a Presidente da Associação D. Celeste do seu convite, brevemente vai ter notícias dela.
Penso que será um prazer estar nesse evento, pena tenho eu por não poder estar presente. Espero que sempre que possa passe pela nossa terra, estaremos à sua espera para lhe poder mostrar a nossa Associação.
Com os melhores cumprimentos
Eugenia Santa Cruz

A MINHA ALDEIA

" Da minha aldeia vejo quando da terra se pode ver no Universo....
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver. "
Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos"