Número total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de março de 2010

ALMOÇO DA AMIZADE 2010

Há semelhança dos anos anteriores, vai realizar-se no dia 3 de Abril do corrente ano mais um ALMOÇO DA AMIZADE, promovido pela Associação Desportiva e Cultural de Cortecega.

O almoço está marcado para as 13 horas, com ementa surpresa. A comida será cozinhada com produtos da terra e pelos/as já famoso/as cozinheiras da terra que a todos tem deixado com água na boca.

A tarde será cheia de emoções e haverá jogos tradicionais, baile ao toque dos concertistas da terra e outras coisas mais. Aparece e tráz mais um amigo, pois o teu amigo é nosso amigo também.

POEMA “A AMIZADE”

Bem vinda é a amizade
Que faz o coração ficar cheio de alegria
Enorme é a felicidade
De sentir a sua magia.

Nem sempre se está contente,
Nem com boa disposição,
Mas a amizade traz sempre algo diferente,
Traz calor ao coração.

Ir um dia visitar uma amiga,
A uma ilha de encantar,
Poderei até ficar com preguiça
Mas um abraço lhe vou dar.

Provo uns belos docinhos,
Bebo um doce licor,
E com bastante doçura,
Falamos e rimos sentindo um grande calor.

É um calor de amizade
Cheio de carinho
E com facilidade
Se sente muito miminho.

É esta amizade
Que sempre se pode sentir
Mesmo estando muito longe
Sempre há razão para sorrir.

5 comentários:

Acacio Moreira disse...

Olá Eugénia!
Verdadeiramente vocês Corteceguenses surpreendem-me pela positiva. Durante todo o ano verifico que põem em pratica diversas iniciativas. Num ambiente de verdadeira amizade, divertimento e alegria. É maravilhoso ver que nas nossas aldeias ainda há quem se preocupe em fazer com que se mantenham com vida e a existência de bom relacionamento entre os naturais, com residência permanente ou não.Estes convívios são a alma e as raízes que trazem o alimento e dão forças aos naturais destas nossas aldeias para que se mantenham com vida e façam com que as Pessoas se mantenham fieis às suas origens.
Em que qualquer pretexto serve para fazer mais uma deslocação à sua aldeia, a sua terra natal e dos seus antepassados. Força amiga, isso é muito saudável. Na minha aldeia são hábitos que já tiveram muito êxito, mas que neste momento perderam-se quase por completo. Já pouco ou nada se faz pela vivência colectiva da aldeia, já é mais cada um por si.
Dou os meus parabéns aos autores destas iniciativas.
Cumprimentos
Acácio

Helena Teixeira disse...

Olá Eugénia!
Ei lá,ha um almoço? Bem que eu ia:)
Mas é verdade o que escreve o amigo Acácio,tem toda a razão,não só é admirável, como louvável,todas as acções feitas para elevar e dinamizar Cortecega.É uma terra sempre animada que ninguém deixa morrer nem murchar. Parabéns por isso!

Ah,e Parabéns por...ser...a...VENCEDORA DO PRÉMIO DE MELHOR BLOGUISTA! Vá espreitar o seu mail e o blog.Espero pelos seus dados:nome completo e morada para lhe mandar o merecido prémio :)

Jocas gordas de Parabéns
Lens

Dina Neves disse...

Génia AMIGA:
Parabéns por teres ganho o prémio de melhor bloguista.
Tu mereces,eu sei que o teu esforço tem e terá sempre uma recompensa.E Amiga a melhor recompensa é a de Deus.
Génia o Almoço Da Amizade nasceu mesmo para que as pessoas da nossa aldeia e amigos se juntassem e reatassem os elos de uma amizade antiga e recente . Por isso o que desejo é que mais uma vez este nosso almoço seja mais um sucesso.
GÉNIA:
CONTINUA COM O BLOG DE CORTECEGA QUE EU ESTAREI SEMPRE CONTIGO.
Fico feliz ao falar com pessoas amigas e poder dizer:- vão à net e vejam o blog de Cortecega. Que podem ver, ler e admirar todas a imagens e noticias da pequena aldeia da encosta do Rabadão, que tanto dá e sempre deu que falar.
SOMOS POUCOS MAS BONS .
Um bj mto grande da Amiga Celeste, Presidente da Associação de Cortecega .

anabela disse...

Espero que haja alegria nesse dia mesmo longe estare-mos com voçês bjs

Eugénia Santa Cruz disse...

Olá amiga Anabela!
Obrigada pelos comentários, podes ter a certeza que estarás sempre presente, mesmo longe. Claro! que se pudesses estar presente fisicamente seria uma alegria, mas a vida é mesmo assim…
Depois coloco aqui algumas fotos para matares saudades.
Um beijo Grande.
Eugénia Cruz

A MINHA ALDEIA

" Da minha aldeia vejo quando da terra se pode ver no Universo....
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver. "
Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos"