Número total de visualizações de página

segunda-feira, 15 de março de 2010

SACRAMENTO DO CRISMA EM GOIS

Este fim-de-semana fui à minha aldeia. Foi fantástico, os dias estavam lindos. As manhãs um pouquito frias mas o sol durante o dia aquecia a nossa alma.
Foi bom reviver o Sacramento do Crisma em Góis, e tendo o privilégio de voltar a ser madrinha da minha afilhada, foi excepcional, pois quando a baptizei foi uma escolha dos pais, agora já adolescente foi uma decisão dela própria consciente no caminho da evangelização e da fé, o que me deixa cheia de orgulho. Há muitos anos que não assistia a este sacramento na linda Igreja Matriz de Góis. Foram mais de 100 crismandos, sinal de que a fé permanece no coração destes jovens e menos jovens.

O que é o sacramento do Crisma?

O Crisma é a confirmação do Baptismo. Além disso, é a proximidade maior com a Igreja e a fé cristã e também o momento em que se acrescenta o dom do Espírito Santo. A Crisma é o sacramento do cristão que está amadurecendo na fé. Este é um dos sacramentos que oferece maiores oportunidades para a evangelização dos jovens. Vem do latim "confirmare", confirmação tem o sentido de consolidar, firmar o cristão na fé. Não há idade para a pessoa ser crismada, basta ela saber se está com total maturidade para se tornar cristã.
Pelo Baptismo nós nascemos, pela Crisma nós crescemos na vida da graça.

O SR. BISPO DE COIMBRA QUE PRESIDIU À CERIMÓNIA

ALTAR DA IGREJA MATRIZ DE GÓIS

4 comentários:

M. Lourdes disse...

Eugénia
Gostei de ver que na nossa região as pessoas ainda mantêm a fé e recebem os Sacramentos em tão grande número.
Beijinhos
Lourdes

anabela disse...

Olà Eugénia,ainda bem continua a tua fé que foi aquela que agente teve desde pequenos,vite nessa linda fota ,espéro que vai tudo bem contigo? beijos para ti e os teus.

Eugénia Cruz disse...

Olá Anabela, comigo está tudo bem! Não sabes como gosto de saber que acompanhas as notícias da nossa terra.
Beijinhos para ti e para os teus. PS. Há e até Agosto, espero por ti em Cortecega para nos divertirmos.

Anabela disse...

Vou sempre ler o teu blog, continua ,assim mato as minhas saûdades parabems.E se deus quizer este mes d'agosto 2010 estarei là de férias.Bjs para a familia toda, e todos os dias estarei no teu blog.

A MINHA ALDEIA

" Da minha aldeia vejo quando da terra se pode ver no Universo....
Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver. "
Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos"